fechar× Ligue-nos 218810533

Despertar da Fé - maio

No Evangelho ouvimos Jesus dizer ao discípulo: «Eis a tua Mãe» (Jo 19, 26-27). Temos Mãe! Uma «Senhora tão bonita»: comentavam entre si os videntes de Fátima a caminho de casa, naquele abençoado dia treze de maio de há cem anos atrás. E, à noite, a Jacinta não se conteve e desvendou o segredo à mãe: «Hoje vi Nossa Senhora». Tinham visto a Mãe do Céu.
Queridos peregrinos, temos Mãe, temos Mãe! Agarrados a Ela como filhos, vivamos da esperança que assenta em Jesus.

Papa Francisco,
Homilia na celebração eucarística com canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto, 13.05.2017

Esta esperança de que nos fala o Papa é o projeto de Deus para a humanidade e o desejo profundo inscrito no íntimo de cada ser humano: a comunhão com Deus e com os outros. Viver como Filhos de Deus e irmãos uns dos outros é a meta que plenifica o coração humano. Mas esse caminho é sinuoso. Maria, como mãe, bem o sabe. Por isso, ela, «que cuidou de Jesus, agora cuida com carinho e preocupação materna deste mundo ferido» (Laudato Sí 241).

Em Fátima ela volta a dizer como outrora, nas bodas de Caná: fazei o que Jesus vos disser (Cf. Jo 2, 5), mas agora querendo mobilizar os corações contra a indiferença frente aos irmãos que sofrem, uma indiferença «que nos gela o coração e agrava a miopia do olhar», diz o Papa na mesma homilia. Guiados pela mão de Maria e acompanhados pelos pastorinhos de Fátima, ao longo do mês de maio, vamos treinar a construção da fraternidade.

Semana 1 - Vídeo com a narrativa disponível aqui 
Semana 2 - Vídeo com a narrativa disponível aqui 
Semana 3 - Vídeo com a narrativa disponível aqui 
Semana 4 - Vídeo com a narrativa disponível aqui 

Canção «Somos amigos» disponível aqui 


Documentos para download